Brincadeira sem direção?
Ver publicação

Brincadeira sem direção?

Você já viu essa cena, a criança deixa o brinquedo de lado para brincar com a caixa. Nós, adultos, entramos em ação: “cuidado com a sujeira, tenha cuidado com tesoura, não faça bagunça…” Muito se fala sobre a importância do livre brincar na infância – aquela brincadeira natural, sem direcionamentos…
Ver publicação
Só se é criança uma vez
Ver publicação

Só se é criança uma vez

A agenda está fixada na porta da geladeira: escola, idiomas, dança, música, reforço escolar, distribuídos por toda a semana. Os cuidadores se alternam no acompanhamento das crianças. Se antes da pandemia, o revezamento acontecia em trânsito, no contexto que vivemos hoje, essa rotina exaure online. Não é difícil encontrar famílias…
Ver publicação
Para a dor não agarrar na gente
Ver publicação

Para a dor não agarrar na gente

Texto gentilmente cedido por Monica Calderano –  jornalista, mãe, (equilibrosa.com) – para o Na pracinha As coisas já estavam complicadas o suficiente quando descobrimos o risco, e passamos então a ter que nos afastar também dentro de casa, uns dos outros, nós das crianças. Eu disse a verdade, porque não…
Ver publicação